quarta-feira, 6 de abril de 2016

Pouso Amor se Faz

Que haja pouso
Sem ser belisco;
Que haja vôo,
Sem ser necessário.
Que haja canto,
Sem ser desgaste.
Que haja afeto,
Sem ser de fome.
Que haja estranheza,
Sem ser de si mesmo.
Que haja cuidado,
Sem ser obrigação.
Que haja afeto,
Sem ser imposto.
Que haja flexibilidade,
Sem ser de medo.
Que haja moradia,
Sem ser prisão.

( Aline Rodrigues )

Nenhum comentário:

Postar um comentário